sábado, 18 de abril de 2015

Aniversariante do Dia.

Hoje é um dia especial para você, hoje você comemora mais um ano de vida, mais um ano de existência e de experiências. Hoje, as luzes do céu e as bênçãos do Senhor recaem sobre você. 
            
              Parabéns Vereadora! Muitas Felicidades...

                   



“Henrique Alves tem capacidade de alavancar nosso turismo”, diz João Maia.

Através de suas redes sociais o presidente estadual do PR, ex-deputado federal João Maia destacou seu otimismo com a escolha de seu amigo e correligionário Henrique Eduardo Alves (PMDB), para o Ministério do Turismo. Henrique, por sinal foi empossado na tarde dessa quinta-feira (16) pela presidenta Dilma Rousseff (PT).
Parceiro de Henrique nos seus dois mandatos de deputado federal e nas eleições de 2014, João Maia destacou que a nomeação de Henrique para o Ministério do Turismo significa muito pro Rio Grande do Norte. “Pela capacidade que ele tem de alavancar nosso turismo, que é a atividade que mais gera emprego no nosso Estado, mas principalmente por sua capacidade de articulação política em Brasília”.

Robinson não acredita que Henrique punirá o RN por ter sido derrotado nas urnas.

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), disse esperar ter uma boa parceria com o ministro do Turismo, seu adversário na eleição passada, Henrique Eduardo Alves (PMDB). Em entrevista aos jornalistas Marcos Aurélio de Sá, Túlio Lemos e Enio Sinedino, no Jornal das Seis, da FM 96, o governador avaliou a nomeação do novo ministro e abordou outros temas.
Robinson, que tem priorizado o segmento do turismo, afirmou que tem projetos que necessitam de parceria com o governo federal e disse que irá procurar o novo ministro para tratar de assuntos de interesse do RN. “Não fui a sua posse, mas temos projetos para levar ao novo ministro. E, sendo norte-rio-grandense, não será porque disputou com Robinson que Henrique deixará de ajudar seu Estado. E também será cobrado pela população como ministro do Turismo para que traga coisas boas para o RN”, disse Robinson.
No turismo, o governador comemora a conquista de novos vôos para o Estado. Graças à redução do ICMS incidente sobre o querosene de aviação, primeira medida do seu governo visando incentivar o turismo, várias companhias áreas estão buscando o estado para abastecer suas aeronaves, o que favorece a vinda de turistas para o Estado, devido ao barateamento das passagens aéreas.
Jornal de Hoje

Lula: ‘Se tem corrupção na Petrobras, prendam’.

Em Pernambuco, Lula fez uma palestra para os funcionários da cervejaria Itaipava. A alturas tantas, saiu-se com essa: “Se tem problema de corrupção na Petrobras, então prendam quem roubou. Prendam! É pra isso que tem Justiça, é pra isso que tem polícia. Mas não vamos confundir o que está acontecendo com algumas pessoas com o destino desse país.”
Graças a esse comentário, descobriu-se que Lula, político de notória perspicácia, é o único brasileiro que ainda fala da corrupção na Petrobras no condicional —“se teve problema…”. De resto, o orador passou, meio sem querer, a impressão de que avaliza a cana do companheiro João Vaccari Neto. Decerto foi ato falho.

Henrique Alves é convocado para ajudar na coordenação política.

“Meu foco principal é dar fôlego e energia ao turismo, mas estarei disponível no que Michel precisar para ajudar nessa relação com o parlamento”. A declaração é do novo ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, em entrevista ao jornal Valor Econômico, após a posse no cargo na tarde da última quinta-feira. O jornal destaca a convocação de Henrique Eduardo pelo vice-presidente Michel Temer para reforçar, junto com o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, a articulação política junto a base aliada do governo no Congresso.
A posse de Henrique Eduardo no ministério teve uma presença massiva de lideranças do PMDB, apesar das ausência de Eduardo Cunha, presidente da Câmara, e de Renan Calheiros, presidente do Senado. Mas, foi a própria presidente Dilma a primeira a lembrar que o pemedebista chega para reforçar a “ação política”no Turismo.

Decreto presidencial pode resultar em perda de recursos das prefeituras.

O corte de gastos promovido pelo governo federal atingiu as prefeituras de todo o país. Os municípios do Rio Grande do Norte correm o risco de perder R$ 730 milhões de Restos a Pagar (RAP) dos exercícios de 2013 e 2014. Isso por causa do decreto presidencial 8407/2015, que pode cancelar todos os RAPs de despesas cuja execução não tenha previsão de início até o próximo dia 30 de junho.
 Esses recursos – em sua maioria provenientes de emendas parlamentares ou emendas de bancadas ao Orçamento da União – são destinados à aquisição de equipamentos e realização de obras, em que os pagamentos sofreram atraso e são deixados para o ano seguinte.

Rogério pede união da classe política para RN conquistar centro de conexões de voos.

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) defende a união da classe política e empresarial do RN com o objetivo de atrair para o Estado o primeiro hub (centro de conexões de voos) do grupo LATAM Airlines na região Nordeste. Para receber o investimento, Natal estaria concorrendo com Fortaleza e Recife, conforme foi anunciado nesta sexta-feira (17).
“É importante o empenho de toda a bancada federal, dos nossos deputados estaduais, dos prefeitos da Região Metropolitana, do governador Robinson Faria e do ministro Henrique Alves, além da Fiern, Fecomércio e da própria Inframérica. Esse é o momento de todos pensarmos no futuro, no crescimento e no desenvolvimento econômico do RN”, disse Rogério.

Dilma deve vetar pontos do projeto que amplia terceirização.

O governo está convicto de que o projeto que estende a terceirização de trabalhadores para as atividades-fim das empresas, em discussão no Congresso, resultará na precarização das relações trabalhistas, com a substituição de trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) pela chamada “pejotização”. Ou seja, abriria brecha para a substituição de empregados com registro em carteira por terceirizados, sem os mesmos direitos assegurados hoje pela legislação trabalhista.
Outro risco é o aumento do número de trabalhadores que precisam abrir uma empresa para serem contratados como pessoa jurídica (PJ). O Palácio do Planalto aguarda a votação da matéria no Congresso, porque entende que os partidos e as centrais sindicais têm mais instrumentos para garantir que direitos não sejam perdidos. Fontes do governo disseram ao GLOBO que, se ao fim de todo o processo permanecer a avaliação de que garantias foram perdidas, a tendência é a presidente Dilma Rousseff vetar pontos da lei.
“O governo tem duas posições muito claras, contra a perda de arrecadação e contra brechas legais que permitam a pejotização dos trabalhadores que acabam com direitos, e trabalha para o que o texto seja alterado”, disse um auxiliar presidencial. Os problemas com o projeto da terceirização serão discutidos na quarta-feira durante a reunião de coordenação política, antes da votação do texto na Câmara dos Deputados.

MP do RN investiga ex-governadora por créditos não autorizados.

G1/RN – O Ministério Público do Rio Grande do Norte abriu um inquérito civil para investigar a ex-governadora Rosalba Ciarlini pela abertura de créditos adicionais especiais e suplementares em 2013. A portaria é assinada pelo promotor Paulo Batista Lopes Neto e foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (18).
De acordo com a portaria, os créditos foram abertos sem autorização legislativa e acima do limite legal permitido. O MP requisita que a Secretaria Estadual de Planejamento e Finanças envie cópias dos decretos expedidos em 2013 que autorizaram a abertura de créditos adicionais suplementares e especiais no exercício financeiro do ano em questão.
Em janeiro deste ano, o Tribunal de Contas do Estado apontou crescimentos expressivos nas despesas com pessoal e desrespeitos às limitações impostas pela Lei de Responsabilidade Fisca no governo de Rosalba Ciarlini. A auditoria realizada pelo órgão colocou, à época, os aumentos como possíveis causas dos atrasos nos salários dos servidores estaduais entre setembro de 2013 e setembro de 2014.

RN disputa implantação de centro de voos internacionais e nacionais no Nordeste.

Esta semana o mercado de aéreas do Nordeste brasileiro foi surpreendido com a notícia de que o Grupo Latam Airlines, formado pelas companhias LAN e TAM implantará um centro de voos internacionais e nacionais – conhecido como hub – na região Nordeste. E apenas três cidades estão na disputa: Natal, Fortaleza e Recife. A capital vencedora será beneficiada com voos diretos para países da América do Sul e Europa.
Diante dessa notícia, o governador Robinson Faria já entrou em contato com a presidente e o vice-presidente comercial da TAM Airlines, Cláudia Sender e Basílio Dias, respectivamente, para agendar reunião. A intenção é apresentar as vantagens tanto técnicas do novo Aeroporto Internacional Aluízio Alves, quanto os benefícios da geografia privilegiada da capital potiguar, localizada na esquina do Continente e mais próxima da Europa.
“Estamos confiantes de que Natal tem total capacidade para sediar esse hub. Os critérios de localização geográfica, infraestrutura aeroportuária, potencial de desenvolvimento e competitividade de custos se encaixam perfeitamente no que temos a oferecer”, frisa o titular da pasta estadual de Turismo, Ruy Gaspar. “Fundamentalmente temos o melhor aeroporto, localizado em área de franca expansão, e a melhor localização geográfica”, ressalta.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Temer diz que ficará ‘mais um pouco’ na presidência do PMDB.

O vice-presidente da República, Michel Temer, presidente nacional do PMDB, afirmou nesta segunda-feira (13) que ficará “mais um pouco” à frente da presidência do partido. Ele foi questionado por jornalistas sobre a possibilidade de deixar o mandato na executiva nacional da sigla.
 
Vamos examinar isso [a possibilidade de sair da presidência da sigla] logo mais adiante. Eu vou ficar mais um pouco”, declarou. Temer não informou por quanto tempo pretende permancer no posto.

Na semana passada, pessoas ligadas a Temer e o vice-presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), disseram que ele estudava deixar a presidência do partido para evitar aumular o mandato na sigla com a tarefa de articulador político no governo, função para a qual foi designado pela presidente Dilma Rousseff no último dia 7.

Momento antes da declaração de Temer, o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB), afirmou que Temer havia comunicado internamente a membros do PMDB que não deixará o comando da legenda.

Bolsonaro é condenado a pagar R$ 150 mil por declarações contra gays.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi condenado pela 6ª Vara Cível do Fórum de Madureira, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) a indenizar em R$ 150 mil, por danos morais, o FDDD (Fundo de Defesa dos Direitos Difusos), criado pelo Ministério da Justiça, por causa de declarações contra homossexuais. Cabe recurso da sentença. O parlamentar afirmou, na noite desta segunda-feira (13), que irá recorrer da decisão.

De acordo com o TJ-RJ, a ação, ajuizada pelos grupos Diversidade Niterói, Cabo Free de Conscientização Homossexual e Combate à Homofobia e Arco-Íris de Conscientização, se baseou, entre outras questões, as declarações do parlamentar ao programa “CQC”, da “TV Bandeirantes”, no dia 28 de março de 2011, quando ele fez críticas à comunidade LGBT. A emissora não foi implicada na ação.

Indignação ao governo do PT cresce a cada dia, diz Agripino.

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse nesta segunda-feira (13) que, independente da queda do número de brasileiros que participaram das manifestações deste domingo (12), a indignação do Brasil à corrupção do governo do PT cresce a cada dia. “Se as manifestações foram numericamente menores, o mesmo não se pode dizer do nível de indignação e protesto dos que foram às ruas”, afirmou o parlamentar pelo Rio Grande do Norte.

No dia 15 de março, dois milhões de pessoas foram às ruas por todo o Brasil para protestar contra o governo Dilma. Neste domingo (12), foram cerca de 700 mil pessoas em 218 municípios brasileiros indignados com a corrupção. Grande parte exigia a saída imediata da chefe do Executivo – pesquisa divulgada neste sábado (11) pelo Datafolha mostrou que 63% dos brasileiros defendem o impeachment da presidente Dilma.

Para Agripino, os números da pesquisa refletem o cansaço e exaustão da população à gestão petista. “Os números revelados por recente pesquisa quanto à adesão dos brasileiros à tese do impeachment traduz a indisposição da sociedade aos governos do PT”, acredita. “Me fiz presente nos movimentos de 15 de março e 12 de abril. Fui testemunha da indignação e revolta dos brasileiros com um governo que há anos convive com a improbidade e se habituou ao fato de ser proprietário do poder”, acrescentou.

“Eu dei um choque de gestão no RN”, diz Robinson Faria.

O governador Robinson Faria avalia a sua aprovação de 47% da população em pesquisa divulgada mais a baixo como reflexo do choque de gestão que ele deu no Rio Grande do Norte, já que economiza em alguns setores para sanar problemas deixados por outras gestões.
 
Nós resgatamos a auto estima do povo norte-riograndense e temos hoje a confiabilidade. Hoje é a maior realização  destes três meses do nosso governo é resgatar esta confiabilidade do povo que estava tão desacreditado com a política”, disse o governador

Vice-presidente da República tenta resolver nomeação de Henrique e indicações do segundo escalão.

O vice-presidente Michel Temer, novo articulador político do governo, retomou nesta segunda-feira conversas sobre o segundo escalão do governo. O primeiro imbróglio a ser resolvido foi a definição sobre a ida do ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves para o Ministério do Turismo.
 
Segundo a agência Estado, este acerto depende de outro, que é a definição sobre qual será o destino de Vinícius Lajes, atual titular da pasta que tem como padrinho político o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não quer ver seu afilhado desalojado sem uma compensação.

Daí a importância da conversa que deve ser realizada nesta segunda-feira, 13, entre Temer e Renan. “São vários PMDBs e eles têm de se entender”, comentou um interlocutor direto da presidente Dilma Rousseff. O que interessa ao governo é a estabilidade e a governabilidade. Quando este consenso estiver construído, as nomeações sairão”, afirmou.

Dilma diz que o combate à corrupção é “uma ação permanente do governo”.

No dia em que milhares de pessoas foram às ruas pedir o fim da corrupção e, até mesmo, o impeachment da presidente, Dilma usou o Facebook para afirmar que o combate à corrupção é “uma ação permanente do governo”. “A guerra contra a corrupção deve ser, simultaneamente, uma tarefa de todas as instituições, uma ação permanente do governo e também um momento de reflexão da sociedade de afirmação de valores éticos”, diz a mensagem que teve, até esta publicação, 2 mil curtidas.

Os protestos contra o governo e pelo fim da corrupção convocados por diversas organizações reuniram manifestantes em todas as regiões do país. Em todas as cidades, muitos manifestantes vestiram verde e amarelo e levaram bandeiras do Brasil aos protestos. Entre as reivindicações, além dos pedidos de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, faixas e palavras de ordem pediam investigação de denúncias de corrupção, votação da reforma política e até o retorno dos militares ao poder.

Ô canseira! Michel Temer tenta resolver situação de Henrique.

O vice-presidente Michel Temer, novo articulador político do governo, retoma nesta segunda-feira conversas sobre o segundo escalão do governo. O primeiro imbróglio a ser resolvido deve ser a definição sobre a ida do ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves para o Ministério do Turismo.
 
Mas este acerto depende de outro, que é a definição sobre qual será o destino de Vinícius Lajes, atual titular da pasta que tem como padrinho político o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não quer ver seu afilhado desalojado sem uma compensação.

Programa Câmera Record de São Paulo grava no CDP de Apodi.

O Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi/RN é destaque mais uma vez na mídia nacional. Não só o diretor Márcio Morais e sim toda equipe está de parabéns pelo excelente trabalho no estabelecimento prisional que é referência para todo Rio Grande do Norte.

Equipe da TV Record São Paulo, Programa Câmera Record, apresentado pelo jornalista Domingos Meireles. Em Apodi, produzindo reportagem especial sobre o trabalho evangélico realizado nos presídios do Rio Grande do Norte, com destaque para o cantor evangélico, José Wantuil Carneiro, que esteve preso em Apodi.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Henrique Alves para prefeito em 2016.

Segundo contam lá da capital (claro que ainda é especulação), O ex-presidente da Câmara, Henrique Alves, poderia ser o candidato do PMDB a prefeito de Natal, em 2016. Isso equalizaria pensamentos divergentes dentro do partido, mas tudo passa por uma articulação.

Acunha! O PT não vai ganhar no “pau”, diz Eduado Cunha.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a criticar o PT após o protesto que terminou em tumulto na última sexta-feira (10), enquanto ele participava de uma audiência pública na Assembleia da Paraíba, em João Pessoa.

Eles (o PT) não conseguem ganhar no voto, querem ganhar no pau. E no pau não vão ganhar”, disse Cunha, em vídeo publicado neste domingo (12) através do seu perfil oficial. Ele estava em Natal (RN).

Cunha tem rodado o País para discutir temas como a reforma política nos Estados. Por onde já passou, foi recebido com protestos. No dia 27 de março, foi vaiado em São Paulo. Dias depois, o mesmo aconteceu no Rio Grande do Sul.

Estadão

Transposição do rio São Francisco é alvo de debate entre deputados.

O Tribunal de Contas da União (TCU) criticou a gestão e apontou irregularidades e atrasos nas obras de transposição do rio São Francisco. Entre outros problemas, o tribunal apontou o projeto básico deficiente, que teria gerado aditivos sucessivos, sobre preço em editais e contratos, deficiência de fiscalização e atrasos.

A obra, que atinge 521 municípios brasileiros, beneficiará diretamente 12 milhões de brasileiros e está orçada hoje em R$ 8,2 bilhões.

Os problemas e a demora para a entrega da obra, que está prevista para o segundo semestre de 2016, motivaram a criação de uma comissão externa da Câmara, que tem chamado autoridades e especialistas para acompanharem os trabalhos.

Mais Médicos: RN recebe 90 novos profissionais brasileiros.

O Rio Grande do Norte teve 99% da demanda dos municípios do edital 2015 do Programa Mais Médicos preenchida. Das 91 vagas, 90 foram ocupadas com os médicos que possuem registro no Brasil.

Os médicos brasileiros que atuam no Mais Médicos estão altamente satisfeitos com a presença no Programa. É o que demonstra a pesquisa encomendada pelo Ministério da Saúde, em que 90% dos profissionais com CRM Brasil responderam que indicariam a participação para outros médicos. A avaliação dos entrevistados reforça os resultados obtidos com as inscrições para o edital deste ano.

Será quer o prefeito Haroldo Ferreira arranjou outro "Médico cubano"?

Morre o ex-ministro Paulo Brossard aos 90 anos.

Morreu neste domingo (12), em sua residência em Porto Alegre, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Paulo Brossard, 90 anos. O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, decretou luto oficial de três dias. O velório deve ocorrer no Palácio Piratini, sede do governo do Estado.
 
Lamento profundamente a morte de Paulo Brossard, um dos maiores juristas do Brasil. Perdemos um grande homem, um professor, um ferrenho opositor da ditadura militar, um político que fez história”, disse Sartori em sua página no Facebook, prestando suas condolências aos familiares.

O jurista Paulo Brossard de Sousa Pinto nasceu em Bajé (RS) em 23 de outubro de 1924, filho de pecuaristas do município. Sua carreira política começou em 1954, quando elegeu-se deputado estadual, sendo reeleito mais duas vezes para o cargo. Foi eleito deputado federal pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB) em 1966 e senador em 1974. Foi ministro do STF de 1989 a 1994. Brossard era casado com Lúcia Alves Brossard de Sousa Pinto, com quem teve dois filhos.

Prefeitura de Baraúna fará concurso público.

A prefeitura de Baraúna, no Oeste potiguar, realizará concurso público. A medida surgiu depois de recomendação da Justiça. O Executivo fará levantamento sobre vagas e, em breve, anunciará os trâmites do processo seletivo.

Um apostador ganhou a mega: R$ 46 milhões! Eu não tenho essa sorte!!!

Um apostador de Toledo, no Paraná, acertou as seis dezenas sorteadas neste sábado pelo concurso 1.694 da Mega-Sena, realizado em São Lourenço do Sul (RS). O prêmio, que estava acumulado, foi de R$ 46.904.093,93.

Os números sorteados foram: 20-29-34-37-45-57.

Segundo a Caixa Econômica Federal, o valor do prêmio pode render R$ 294 mil mensais se for aplicado integralmente na poupança.

Outros 348 apostadores acertaram a Quina, e cada um vai embolsar R$ 14.457,94. Outros 10.854 pessoas acertaram a Quadra, e faturam R$ 662,21 cada. O próximo sorteio da Mega-Sena será realizado no dia 15 deste mês, e a estimativa de prêmio é de R$ 25 milhões.

Protesto na Paulista reúne 500 mil pessoas.

– Número de participantes hoje foi menor do que o registrado em 15 de março passado. O que é mais do que natural que tenha ocorrido. O protesto foi realizado um mês após o o outro. A resposta das manifestações foi altamente produtiva. Outra conquista do povo brasileiro.

156 cidades têm ou tiveram manifestações contra Dilma pelo país.

Deputado Rafael Motta aprendeu cedo o “caminho das pedras”.

O deputado federal Antônio Jácome é o campeão entre os novatos e os antigos da bancada federal do RN que mais gastou com a verba indenizatória nos primeiros meses de 2015.

O parlamentar do PMN gastou R$ 61.429,96 – quase o dobro do segundo colocado, o deputado Rafael Motta, do PROS, que torrou R$ 36.950,49.

Do blogue: Pra um principiante na política o garoto Rafael Motta parece ter apendido muito cedo o caminho das pedras.

Manifestação em Natal encerra em clima pacífico com cinco mil pessoas.

Portal No Ar – No começo da noite deste domingo (12), foi encerrada mais uma manifestação em Natal contra os casos de corrupção do Brasil e o governo Dilma Rousseff. Cerca de cinco mil pessoas se concentraram no shopping Midway Mall e seguiram em caminhada pela avenida Salgado Filho, na altura da Amintas Barros. Nenhuma ocorrência foi registrada e a população começa a dispersar.

Portando cartazes, os participantes gritaram palavras de ordem, usaram carro de som e apitos para chamar atenção da população. Vestidos com camisas verdes, amarelas e azuis, os manifestantes fizeram parte do movimento que acontece em outros estados brasileiros. Para encerrar o ato, os manifestantes cantaram o hino nacional. Não foi marcada uma nova data para o próximo movimento.

Manifestação contra o governo Dilma reúne multidões em 24 estados.

A manifestação contra o governo da presidente Dilma Rousseff e a corrupção tomou as ruas de 24 capitais brasileiras e do Distrito Federal neste domingo. A marcha em São Paulo, realizada na Avenida Paulista, reuniu 275 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, número menor que o protesto do dia 15 de março, que levou 1 milhão às ruas e foi considerado o maior do país naquela data.

Apesar da perda de público na capital paulista, a organização comemorou, no fim da tarde, a adesão em 450 cidades. Mais uma vez, os manifestantes seguravam bandeiras, vuvuzelas, cartazes e faixas de repúdio à corrupção com as palavras “Fora Dilma”, “Fora PT”. De acordo com a PM paulista, o ato pacifico.