terça-feira, 19 de maio de 2015

“Agripino ajudou a eleger governo que deixou RN semifalido”‏, diz secretário.

O secretário de Esportes do Rio Grande do Norte, George Câmara (PC do B), afirmou que o senador José Agripino Maia, presidente nacional e estadual do DEM, fez avaliação superficial da situação administrativa do Estado, ao declarar, neste fim de semana, que falta à gestão do Estado projetos que preparem o RN para a retomada do crescimento.

“Para quem pegou o estado na condição que o governo pegou, as primeiras medidas foram no sentido de não deixar a casa cair”, afirmou Câmara, ao se referir às palavras de Agripino. “Isso não significa fechar os olhos para outras ações do ponto de vista estratégico. Está sendo feito um estudo para o segundo semestre ter resposta”, frisou, se referindo à proposta de reforma administrativa que a gestão estadual promove por meio do “RN Sustentável”, programa do Banco Mundial. “Mas o senador Agripino faz um comentário muito superficial. Devia analisar como o governo que ele ajudou a colocar (Rosalba Ciarlini) deixou o Estado nesse patamar, de semifalência, se fosse uma empresa”, acrescentou.

Jornal de Hoje

Governador Robinson consegue aprovação do plano para finalizar adutora Alto Oeste

O governador Robinson Faria conseguiu, hoje (18), junto ao Ministério da Integração, a aprovação do Plano de Trabalho para a retomada das obras da Adutora do Alto Oeste. Ele já vinha negociando com o Ministro Gilberto Occhi, a liberação de recursos para a conclusão deste sistema que vai favorecer 26 municípios do Alto Oeste potiguar.

Serão beneficiadas com água de qualidade 208 mil pessoas. As obras se estendem por 366 quilômetros, a partir das barragens de Santa Cruz de Apodi e do açude de Pau dos Ferros. Para ter a garantia do andamento da obra, o Governo do Estado assinará um convênio com o Ministério da Integração no valor de R$ 9,1 milhões.

“Estamos aguardando um posicionamento do Ministério para a assinatura do convênio e posteriormente a liberação dos recursos. Essa adutora vai minimizar bastante as dificuldades causadas por esse longo período de estiagem. Abastecer a população é uma das prioridades da nossa gestão e nossos esforços estão nesse sentido”, disse o governador.

Cunha diz que votação da reforma política será fatiada.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, confirmou, nesta segunda-feira (18), que a proposta da reforma política será votada em Plenário na semana que vem. Na avaliação de Cunha, questões polêmicas, como o fim da reeleição e a alteração do tempo de mandato de senadores para cinco ou 10 anos, levam à necessidade de se estabelecer uma ordem de votação dos temas da reforma.

“Eu vou tentar botar ordem na Casa e estabelecer uma ordem de votar. Primeiro, temos que votar o sistema eleitoral, se vai haver ou não reeleição. Se mantiver a reeleição, não tem que discutir isso nada [o mandato dos senadores]”, observou. “Não há dúvida de que vai se votar fatiado. Não há a menor possibilidade de votar uma PEC inteira, qualquer que seja ela, porque jamais você vai conseguir que as pessoas apoiem o conjunto inteiro”, destacou.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Silvio Santos vai relançar o Baú da Felicidade.

Silvio Santos, de 84 anos, vai relançar o Baú da Felicidade, desativado em 2013. A empresa do dono do SBT oferecia um carnê ao cliente, a ser pago mensalmente, para concorrer a um sorteio de prêmios. Quem não ganhasse, poderia trocar o valor pago por mercadorias nas lojas do Baú.

Petrobras tem 1.146 pessoas na área de comunicação.

A Petrobras emprega 1.146 pessoas na área de comunicação. E dessas 1.146 pessoas, 627 são terceirizadas, contratadas sem concurso. A informação é da Folha de S. Paulo. Uma pesquisa da Aberje (associação de comunicação empresarial) revelou que 179 grandes companhias brasileiras (excluindo Petrobras) tinham, juntas, 1.500 pessoas na área. Ou seja, a Petrobras, sozinha, emprega o equivalente a 76% da equipe de todas essas empresas.
 
Esse batalhão de 1.146 jornalistas e assessores de imprensa não inclui todos os blogueiros, atores e cantores que a Petrobras compra com seus projetos culturais e verbas de publicidade. A comunicação da Petrobras foi comandada desde o início do governo Lula pelo sindicalista Wilson Santarosa, indicado pelo PT.

Considerado intocável, Santarosa acabou demitido quando a nova diretoria assumiu, em fevereiro, em meio à crise provocada pela Lava Jato, que desvendou esquema de propinas na empresa. Os 1.146 funcionários da área de comunicação da Petrobras não foram contratados para divulgar informações sobre a empresa. Eles foram contratados para fazer contrainformação.

Apesar da reforma política, novos partidos acreditam em registro no TSE

Pelo menos dois mecanismos da proposta de reforma política em discussão no Congresso apontam para uma possível diminuição do número de partidos políticos no País: o fim das coligações proporcionais e a adoção de uma clausula de barreira para a distribuição do fundo partidário e da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

Em março, a presidente Dilma Rousseff (PT) já havia sancionado uma lei que dificulda a criação de novas legendas ao exigir que pessoas já filiadas a partidos não possam assinar fichas de apoiamento partidário. Além disso, agremiações históticas como o DEM e o PPS trabalham para serem fundidas ao PTB e ao PSB, respectivamente.

Papa Francisco canoniza quatro religiosas.

O papa Francisco declarou hoje santas quatro religiosas que viveram no século 19, duas palestinas, uma francesa e uma italiana, incentivando a multidão que acompanhou o anúncio na Praça de São Pedro. Mariam Bawardi (1846-1878), Marie-Alphonsine Ghattas (1843-1927), Jeanne-Emilie de Villeneuve (1811-1854) e Maria Cristina dell’Immacolata (1856-1906) foram canonizadas durante a missa celebrada hoje (17) no Vaticano.

Diante de uma multidão de fiéis e debaixo de um sol forte, o papa enalteceu a vida das quatro religiosas, “modelos de santidade, que a Igreja convida a imitar” e cujos retratos eram visíveis na fachada da basílica. “Permanecer em Deus e no seu amor, para anunciar com palavras e com a vida a ressurreição de Jesus, testemunhando a unidade entre nós e o amor dedicado a todos: foi o que fizeram as quatro santas hoje proclamadas”, salientou.

Durante a homilia, o pontífice evocou as personalidades de cada uma das mulheres, diante de políticos como o presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas e o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve. As duas religiosas palestinas são as primeiras dessa nacionalidade a serem canonizadas.

Equipe econômica se reúne com Dilma para avaliar cortes no orçamento.

A presidenta Dilma Rousseff está reunida no Palácio da Alvorada com os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Joaquim Barbosa. Eles chegaram no Alvorada por volta das 15h30. A princípio, o objetivo da reunião é detalhar como serão os cortes no orçamento para o cumprimento do ajuste fiscal anunciado pelo governo.
Com esse esforço fiscal, o governo pretende criar condições para que, a partir de 2016, o país volte a crescer. De acordo com a assessoria da Presidência da República o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, participa da reunião.

A expectativa é que esse corte no orçamento da União oscile entre R$ 60 bilhões e R$ 80 bilhões. Por regra, o contingenciamento precisa ser anunciado no prazo de 30 dias contados a partir da sanção presidencial ao orçamento aprovado pelo Congresso Nacional. O bloqueio das verbas valerá até o final do ano.

CBF rebate “venda da Seleção e insinuações maliciosas”.

Infeliz com a notícia publicada pelo jornal Estado de S. Paulo neste domingo, que acusa a “venda” da Seleção Brasileira , a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou um comunicado no seu site refutando os fatos de que as convocações para a equipe levem em consideração fatores além do desempenho dos atletas dentro de campo.
 
No texto, a entidade garantiu que “os critérios de escolha para jogos da Seleção Brasileira são e serão, sempre, técnicos” e repudiou as afirmações de que as empresas as empresas International Sports Events (ISE) e Pitch International participem das decisões de quem será convocado.

No entanto, a CBF confirmou que o valor recebido em amistosos e jogos que não contem com as maiores estrelas brasileiras é inferior do que aqueles nos quais os principais atletas estão presentes, embora tenha dito que a cláusula contratual com a ISE e Pitch International que trata deste assunto não tenha sido “invocada ou levada a efeito desde o início de vigência do acordo”.

Em suma, a entidade limitou-se a negar que as informações divulgadas fossem verdadeiras, sem dar grandes explicações, utilizando palavras como ridícula, infantil e maliciosa para descrever as acusações, além de chamar o autor do texto de mal-intencionado.