sábado, 15 de abril de 2017

Marqueteiro de Aécio assinou contrato fictício para receber por campanha do tucano, diz Odebrecht

aecio_goias

Um contrato de projeto de publicidade com o objeto fictício de “aproximar o governo de Angola e a população do país” foi a saída encontrada pela Odebrecht e pelo marqueteiro do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Paulo Vasconcelos, para justificar uma contribuição de R$ 3 milhões em caixa 2 para a campanha do tucano à Presidência, em 2014. O pagamento — realizado em duas parcelas de R$ 1,5 milhão — foi repassado pela empreiteira diretamente na conta da PVR Marketing e Propaganda Ltda., empresa do marqueteiro, e não foi declarado à Justiça Eleitoral.

No RN, bonecos da malhação de Judas são batizados de Lava Jato e Odebrecht

IMG_0311

Neste Sábado de Aleluia (15), a malhação de Judas terá dois protagonistas inusitados no bairro Santo Antônio em Mossoró, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte. Batizados de ‘Lava Jato e ‘Odebrecht’, os bonecos foram confeccionados pela auxiliar de serviços gerais Aída Maria de Souza, que organiza a festa na rua onde mora.

Parlamentares acusados de caixa dois estudam saída para evitar condenação

IMG_0312
Após virem a público os depoimentos dos delatores da Odebrecht, parlamentares investigados apenas por possível caixa dois eleitoral começaram a desenvolver a saída jurídica para não serem condenados na Lava-Jato. Caso a Procuradoria-Geral da república (PGR) de fato ofereça a denúncia contra eles, a ideia é negociar uma “suspensão condicional do processo”.
Trata-se do mecanismo que liberou o ex-dirigente do PT Silvio Pereira de condenação no mensalão. Advogados confirmam que essa hipótese é aplicável aos casos que envolvam exclusivamente caixa dois e que são enquadrados como crimes eleitorais de falsidade ideológica. São 30 políticos nesta situação na delação da Odebrecht.

20ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios


O ano de 2017 será marcado pelas reformas: Previdenciária, Trabalhista, Tributária, entre outras. Atenção redobrada deverá ser acompanhada de ações por todos nós, municipalistas, a fim de que este ano também seja de conquistas para o nosso movimento.
A Confederação Nacional de Municípios, junto às entidades estaduais e microrregionais, defende o “encontro de contas” entre governo federal e Municípios, a redução do custeio das máquinas públicas e os recursos financeiros condizentes com as competências estabelecidas pelo pacto federativo.
A 20ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, programada para o período de 15 a 18 de maio de 2017, é o momento auge do movimento cujo objetivo principal é lutar em prol dos interesses dos serviços prestados ao cidadão brasileiro no local onde ele reside. É sempre importante lembrar que a Marcha é um espaço de lutas para definir e alertar autoridades do Executivo, do Congresso Nacional e do Judiciário sobre temas que permitam a conquista de autonomia pelo Ente Município, além de mostrar ao cidadão os caminhos que os gestores municipais defendem como solução para enfrentar e vencer a crise que a todos atinge.
O novo Brasil precisa iniciar revisando a base que sustenta esta Federação, enfrentando a crise dos Municípios. Conto com a participação de todos os companheiros municipalistas para, juntos, construirmos, a partir dos Municípios, o Brasil com que todos sonhamos.

Paulo Ziulkoski
Presidente da Confederação Nacional de Municípios

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Retrato do Brasil: todos os ex-presidentes vivos e também o atual são citados na Lava Jato

IMG_0315

Antes de tudo, vale ressalvar que uma pessoa só é considerada culpada após o trânsito em julgado; e a pena de prisão apenas acontece após a segunda instância confirmar a sentença original condenatória. Passada a óbvia observação, vamos à calamidade do fato.
A situação é vergonhosa, para dizer o mínimo. Nas delações da Operação Lava Jato, aparecem simplesmente TODOS os ex-Presidentes da República ainda vivos e também o mandatário atual.
Enfim, o Sarney foi mencionado e surpreendentemente obteve benefício de foro mesmo sem tê-lo (pois é, ele NÃO TEM foro privilegiado), e há menção a seu “grupo” na nova lista. Fernando Collor é alvo de inquérito e Lula, de pedido de investigação. Os casos de Dilma e FHC desceram para a primeira instância.

Fugitivo da Penitenciária de Alcaçuz é preso em Mossoró com armas e identidade falsa

Um dos detentos que fugiram durante a rebelião de janeiro na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, foi preso pela Polícia Militar nesta sexta-feira 14. Trata-se de Bonfim Tarcísio da Silva, que foi detido em uma residência do bairro Belo Horizonte, em Mossoró.
No momento da abordagem, o foragido estava de posse de uma espingarda calibre 12, com quatro munições, e um revólver calibre 38, com mais três munições.
Além disso, Bonfim também usava um identidade falsa com fotografia dele, mas nome de outra pessoa. O homem, que já respondia por tráfico de drogas e roubo, foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil para ser autuado pelo flagrante das armas e documento falso.
IMG_0316

Betinho Rosado se recupera bem de cirurgia em Mossoró

betinhoensino
O quadro de saúde do ex-deputado federal Betinho Rosado é bastante estável. Antes de sair do Hospital São José (São Paulo-SP), ele fez um ecocardiograma transesofágico para verificar quadro da válvula (ou valva) que foi colocada. Desembarcou em Mossoró na quarta-feira (12), onde segue rotina de tratamento pós-operatório. Recebeu alta no último dia 11 (terça-feira).

Para presidente da Fiern, quem se diz contra reforma da Previdência não apresenta proposta alternativa

amaro sales fiern
Do presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte – FIERN – Amaro Sales, sobre a reforma da Previdência:
Qual é a proposta?

O debate sobre a reforma da Previdência Social está dominando a pauta nacional. A discussão é legítima e necessária. Tornou-se, contudo, ideológica em alguns momentos e vazia – pela desinformação – em outros.

Sebrae vai investir R$ 93 milhões em projetos de turismo até 2018

A diretora durante o painel do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur)Diretora durante o painel do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur)São Paulo – O Sebrae vai investir R$ 93 milhões no setor de turismo no biênio 2017/2018, revelou nesta quarta-feira (5) a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes. Ela informou que estão previstos 149 novos projetos para esse período.
“O Sebrae é parceiro do setor de turismo no Brasil. Afinal, mais de 90% das empresas do setor são pequenos negócios”, destacou Heloisa Menezes, durante um painel do Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur), em São Paulo. O Fornatur reuniu representantes das secretarias estaduais do setor de todas as unidades da Federação. Ela ressaltou que o Sebrae vai destinar adicionalmente mais R$ 100 milhões em projetos de turismo em parceria com a Embratur.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Governo Municipal de Felipe Guerra fará entrega de Peixes neste fim de semana para famílias de baixa renda

Resultado de imagem para semana santa em felipe guerra
O Prefeito de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira, assim como em anos anteriores determinou a Secretaria Municipal de Assistência Social, comandada pela Secretária Fátima Maximina Mota, para fazer a realização da entrega de peixes na Semana Santa.
Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, Fátima Maximina Mota, os mil quilos de Peixes para serem entregues às famílias de baixa renda, foram comprados com recursos próprios pelo governo municipal Construindo e Inovando.
Para receber os peixes, ainda de acordo com ela será necessário, neste caso, as pessoas que são beneficiárias do Bolsa Família, levarem documento de identificação e número do NIS, quando o peixe terá a entrega no horário das 7 horas da manhã desta sexta-feira na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.
Pensando em poder proporcionar uma alimentação melhor o governo municipal Construindo e Inovando dará mais uma vez a oportunidade a centenas de famílias de baixa renda de poderem ter uma semana santa com um dos principais alimentos que simbolizam o período.
fonte: Santana No

Os próximos passos após lista de Fachin causar terremoto no mundo político

IMG_0205
Na terça-feira, o ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu sinal verde às investigações contra uma parcela significativa da classe política brasileira, provocando um verdadeiro terremoto em Brasília.
Os inquéritos foram abertos com base na “delação do fim do mundo” – como ficaram conhecidos os acordos de delação premiada da empreiteira Odebrecht, alvo da operação Lava Jato, iniciada a partir da investigação de um amplo esquema de corrupção na Petrobras.

Itau: Ciro e seus pneus

– A empresa Xavier Pneus, localizada na cidade Pau dos Ferros, foi beneficiada com  um contrato firmado pelo prefeito Ciro Gustavo Bezerra do município de Itau – RN, no valor de R$ 468.162,00, visando o fornecimento de pneus, câmaras e protetores dos veículos da frota oficial da prefeitura.
– A choradeira é grande entre os prefeitos potiguares, que afirmam que os municípios estão quebrados, mas esbanjam fortunas em contratos duvidosos na compra de combustíveis e pneus.

Rogério Marinho propõe fim da contribuição sindical obrigatória

rogerio_noblat

O relator da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados, Rogério Marinho (PSDB-RN), fez ontem (12) a leitura de seu parecer sobre o Projeto de Lei (PL) 6.787/2016, que modifica a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em vigor desde 1943. Em 132 páginas, o parlamentar apresenta um histórico da legislação trabalhista do país e das audiências da comissão, além de alterar itens do PL proposto pelo governo federal e incluir itens como a retirada de contribuição sindical obrigatória e medidas de salvaguarda para empregados terceirizados.
O objetivo [da reforma] é modernizar a legislação do trabalho. Não podemos deixar que a precarização das leis de trabalho impeçam a criação de postos de trabalho. Nem por isso estamos propondo a revogação de direitos”, ressaltou Marinho, no parecer favorável à proposta do Executivo de atualização da CLT.

Cunha pediu R$ 2 milhões a Odebrecht para Henrique

Ex-ministro do Turismo nos governos Dilma Rousseff e Michel Temer, Henrique Eduardo Alves (PMDB) teria recebido R$ 2 milhões em propinas da Odebrecht em 2014, na campanha para o governo do Rio Grande do Norte. Segundo delatores da Odebrecht, os pagamentos foram solicitados pelo então deputado Eduardo Cunha (PMDB), ex-presidente da Câmara preso em Curitiba na Operação Lava Jato.
ESTADÃO

Felipe Guerra:Abate de jumentos no Rio Grande do Norte

jumentos
A GBI Agronegócios e Comércio Ltda aguarda licença para ser o primeiro frigorífico especializado no abate de jegues no Brasil. A empresa pretende instalar o matadouro em Felipe Guerra. As informações são do jornal O Globo.
O grupo é formado por empresários e produtores locais. Ele apresentou a planta do frigorífico e pedido de licença na Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Estado do Rio Grande do Norte.
O projeto prevê o abate de jumentos, produção da carne inteira ou em cortes, com aproveitamento da pele e do couro para subprodutos. Há intenção também do beneficiamento do leite da jumenta, que alcança grande valor.
O frigorífico teria capacidade para o abete de até 100 animais por dia. A expectativa é iniciar a venda para a China no ano que vem.
O GBI já começou a recolher jumentos abandonados nas estradas e no campo, por enquanto, apenas no Rio Grande do Norte. Os animais vão para uma propriedade, passam por quarentena, são vermifugados e, quando o frigorífico estiver em operação, seguirão inicialmente para currais de pré-abate”, diz trecho da reportagem.

Apodi: Igreja de Cristo convida a população para discutir formas de combater as drogas na família


Igreja de Cristo que tem como Pastor David Marroque está convidando a população Apodiense para discutir um assunto que vem fazendo medo as famílias que é a DROGA !! O tema geral do mês da família é: Drogas na família - Uma guerra que precisa de aliados.

O culto de abertura acontecerá no próximo mês ( Maio ) dia 04/05 ( Uma Quinta-Feira ) na Catedral da Esperança ( Perto da praça da maternidade ) .

Participações: 

  • Pastor David Marroque Teixeira
  • Danyelly Gama
  • Bruno Jefferson
  • Soldado Jackson França
  • Bispo Tarcísio 
  • Otília Queiróz
A questão das drogas é uma ameaça a famílias e vidas nas mais distintas camadas da sociedade brasileira, e se torna uma desafio das autoridades como também da sociedade em geral. Lideranças evangélica.

Estima-se que 7 entre 10 presos no Brasil seja traficante e usuário de drogas, um problema que destrói famílias e estima o crime, conforme estatísticas da polícia 90% dos assassinatos tem relação direta ou indireta com o consumo e tráfico de entorpecente, que envolve uma grande maioria de jovens que tem o vício.

“Principalmente o adolescente que ainda esta em formação, esta droga vai entrar no sistema nervoso central e vai atrapalhar toda esta construção deste ser humano, tanto no plano biológico como no plano intelectual. 

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Julgamento antecipado, risco de injustiça

Citações a políticos por parte de delatores da Odebrecht devem ser investigadas com a devida ponderação.
Repasses partidários não declarados a candidatos que não tinham ciência da origem de tais recursos, podem ter ocasionado o cenário atual de citações a nomes de políticos por parte dos delatores ligados à Odebrecht. É o que se conclui do assombroso número de parlamentares e gestores do Executivo brasileiro, agora expostos ao risco do julgamento antecipado de alguns setores da mídia e da população em geral.
Até as eleições de 2014, as campanhas eleitorais contavam com recursos públicos em cerca de 10,6% da arrecadação dos diretórios nacionais dos partidos.
Para se ter uma ideia, numa eleição em que a doação de empresas tornou-se proibida – só pessoas físicas poderiam doar – os partidos políticos lançaram mão de R$ 16 milhões para as campanhas eleitorais com recursos do fundo partidário.
Vale ressaltar que o valor máximo para as campanhas ao Executivo nas cidades menores é de R$ 108 mil; para o Legislativo, R$ 10,8 mil. São 3.794 municípios do país (ou seja, 68% do total) que têm esse teto para ambos os cargos. Detalhe: o TSE atualiza os valores de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do IBGE.
Precipitar a condenação de figuras públicas pelas simples suposição de que algum dia optaram pelo ilícito, generalizando esse tipo de prática, é no mínimo irracional, mesmo quando episódios recentes levantados pela Operação Lava Jato indiquem o contrário. O melhor? Aguardar o andamento das investigações.
É fato: em 2016, a decisão do Supremo Tribunal Federal de declarar inconstitucional o financiamento empresarial de campanhas com o objetivo de diminuir a influência do poder econômico nas eleições, ajudou a equilibrar a disputa. tinham seu estatuto registrado no Tribunal Superior Eleitoral e prestação de contas destinado àqueles que regular perante a Justiça Eleitoral.
Por João Maria Medeiros (Jornalista)

Álvaro não descarta possibilidade de disputar vaga na AL

alvaro micro
Na condição de vice-prefeito de Natal, o ex-deputado estadual Álvaro Dias está pronto para assumir a Prefeitura, numa eventual candidatura do titular Carlos Eduardo ao Governo do Estado, nas eleições de 2018. Se isso vier a acontecer, Álvaro lançará o nome de seu filho, delegado Adjuto Neto à disputa por uma das vagas à Assembléia Legislativa.
Mas, se Carlos Eduardo não for candidato em 2018 tudo pode acontecer, inclusive de Álvaro Dias ser ele mesmo, o candidato a deputado estadual. Eleito em 2014, Álvaro renunciou a Assembléia para ser o vice de Carlos em Natal.
Existe uma especulação de que Carlos Eduardo pode vir a ser candidato ao Governo do Estado. Isso se configurando, nós poderemos assumir a prefeitura de Natal, e se isso acontecer, nós queremos que Caicó não fique sem um representante na Assembléia Legislativa, isso ocorrendo, Adjuto Neto vai estar disponível para ser o candidato a deputado estadual pelo PMDB. Carlos Eduardo não sendo candidato ao Governo do Estado, nós vamos analisar todas as possibilidades, pode acontecer de tudo, também analisaremos a possibilidade de eu, mesmo ser o candidato a estadual”, disse.

Eleitor que faltou às três últimas eleições tem menos de um mês para regularizar situação

Termina em menos de um mês o prazo para o eleitor, que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes, regularizar a sua situação perante a Justiça Eleitoral. O prazo vai até 2 de maio. Após essa data, os eleitores nessa condição que não estiverem regulares, correm o risco de ter o título cancelado. A legislação considera cada turno de votação um pleito em separado para efeito de cancelamento de título. O cancelamento automático do título de eleitor ocorrerá de 17 a 19 de maio de 2017.
O parágrafo 6º do Provimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 1/2017 estabelece que “será cancelada a inscrição do eleitor que se abstiver de votar em três eleições consecutivas, salvo se houver apresentado justificativa para a falta ou efetuado o pagamento de multa, ficando excluídos do cancelamento os eleitores que, por prerrogativa constitucional, não estejam obrigados ao exercício do voto”.

Emparn prevê boas chuvas durante a Semana Santa

santana_chuva
A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), com base em imagens do satélite meteorológico, mantém para os próximos dias a previsão de boas chuvas em várias regiões do Estado. Há uma probabilidade de pancadas de chuvas mais fortes no próximo sábado (15), segundo o meteorologista Gilmar Bristot.
As condições continuam favoráveis à ocorrência de chuvas durante a Semana Santa, com pancadas à noite e nas madrugadas, como já vem ocorrendo nos últimos dias, por conta da instabilidade elevada e de outros fatores, como a presença da Zona de Convergência Intertropical. A partir do domingo, 16 de abril, a previsão é que a intensidade diminua.

Propina era paga a políticos em envelope lacrado e com senha, dizem executivos da Odebrecht

Relato de executivos da Odebrecht apontam que o pagamento de propina em dinheiro vivo a políticos era feito mediante senha, em envelope lacrado. A informação consta em delações premiadas e faz parte do inquérito 4424, que autorizou investigação contra o ministro do TCU (Tribunal de Contas da União), Vital do Rêgo.
Segundo o inquérito, para pagamento de propina, havia a marcação de um local e horário, e o intermediário das autoridades recebiam uma senha –que teria que ser apresentada pelo intermediário.

Felipe Maia comemora liberação de R$ 7 Milhões para reforma de Terminal Salineiro de Areia Branca

felipe_parecer
Nesta quarta-feira (12), o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN) destacou na tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados, que o Governo Federal irá liberar em maio R$ 7 milhões para a reparação do Terminal Salineiro de Areia Branca. O anúncio foi feito na tarde de ontem (11), pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella, durante uma audiência da bancada potiguar e representantes da Companhia Docas do RN (Codern).
De acordo com o parlamentar, a obra é urgente, pois há risco de desabamento do Terminal. “Após audiência com o ministro dos Transportes tivemos a certeza da garantia de liberação de recursos para a reforma do Terminal. A Codern alertou que a estrutura está cedendo, fazendo com que o sal volte para o mar. Queremos impedir isso”, enfatizou o deputado.

Felipe Guerra: Vereador Djalminha apresenta matérias na sessão ordinária realizada nesta terça-feira.

O vereador do município de Felipe Guerra, Djalminha (PV) apresentou proporções ao plenário da casa legislativa durante o pequeno expediente da sessão ordinária da noite de hoje (11). As propostas do parlamentar é que o Município de Felipe Guerra, crie o "Hino Oficial e sua Guarda Municipal", e outra sugerindo para que o Município de Apodí, atenda aos moradores da comunidades rurais:São Lourenço I e II, Pindoba I e II, Santana, e adjacentes que precisam passar pelo o "Córrego do Benedito" para  chegar a zona urbana do município de Felipe Guerra.
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas, tabela, sala de estar e área interna
Ver. Djalminha (PV)
O parlamentar usou a tribuna, externou sua preocupação com a "Reforma da Previdência", agradeceu ao governo municipal de Felipe Guerra; por através da sua equipe administrativa ter atendido as matérias aprovadas no plenário, aonde parabenizou o Sec. Municipal Sueliton Tavares( Infraestrutura e Obras Publicas) por recuperar semana passada a estrada vicinal que liga a comunidades rurais de São lourenço I e adjacentes a zona urbana do município de Felipe Guerra, e ao Sec. Municipal Gilvandro Fernandes ( Chefe do Governo) por enviar exemplar do Código Tributário a casa legislativa. 
As proporções apresentadas na sessão ordinária de hoje, deverá ser votada na próxima terça-feira.

"É essencial a sociedade presente nesta casa legislativa, aqui conta com nove autenticos parlamentares que com muita honra e dedicação o representar, ela não pode continua assim, sendo omissa." acrescentou o parlamentar

Governo do RN chega a 80% da folha

Governo do RN deposita nesta quinta-feira (13) o salário dos 13.999 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil, uma soma equivalente a R$ 48,5 milhões.  Com o pagamento desta faixa salarial, o Governo chega a 80% da folha quitada, o que representa um montante de R$ 180,8 milhões pagos a 88.590 servidores
O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Na lista de Fachin tem políticos potiguares. Veja

fachin
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de inquérito contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas –como mostram as 83 decisões do magistrado do STF, obtidas com exclusividade pelo Estado. O grupo faz parte do total de 108 alvos dos 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações dos 78 executivos e ex-executivos do Grupo Odebrecht, todos com foro privilegiado no STF. Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, não aparecem nesse conjunto porque não possuem mais foro especial.O Estado teve acesso a despachos do ministro Fachin, assinados eletronicamente no dia 4 de abril.
Também serão investigados no Supremo um ministro do Tribunal de Contas da União, três governadores e 24 outros políticos e autoridades que, apesar de não terem foro no tribunal, estão relacionadas aos fatos narrados pelos colaboradores.
Os senadores Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, e Romero Jucá (RR), presidente do PMDB, são os políticos com o maior número de inquéritos a serem abertos: 5, cada. O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ex-presidente do Senado, vem em seguida, com 4.
O governo do presidente Michel Temer é fortemente atingido. A PGR pediu investigações contra os ministros Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil, , Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia, Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional, Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores, Blairo Maggi (PP), da Agricultura, Bruno Araújo (PSDB), das Cidades, Roberto Freire (PPS), da Cultura, e Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Padilha e Kassab responderão em duas investigações, cada.
As investigações que tramitarão especificamente no Supremo com a autorização do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, foram baseadas nos depoimentos de 40 dos 78 delatores.
Os relatos de Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo, são utilizados em 7 inquéritos no Supremo. Entre os executivos e ex-executivos, o que mais forneceu subsídios para os pedidos da PGR foi Benedicto Júnior, (ex-diretor de Infraestrutura) que deu informações incluídas em 34 inquéritos. Alexandrino Alencar (ex-diretor de Relações Institucionais) forneceu subsídios a 12 investigações, e Cláudio Melo Filho (ex-diretor de Relações Institucionais) e José de Carvalho Filho (ex-diretor de Relações Institucionais), a 11.
Os crimes mais frequentes descritos pelos delatores são de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, e há também descrições a formação de cartel e fraude a licitações.
Imunidade. O presidente da República, Michel Temer (PMDB), é citado nos pedidos de abertura de dois inquéritos, mas a PGR não o inclui entre os investigados devido à “imunidade temporária” que detêm como presidente da República. O presidente não pode ser investigado por crimes que não decorreram do exercício do mandato.
Lista. Os pedidos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foram enviados no dia 14 de março ao Supremo. Ao todo, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao STF 320 pedidos – além dos 83 pedidos de abertura de inquérito, foram 211 de declínios de competência para outras instâncias da Justiça, nos casos que envolvem pessoas sem prerrogativa de foro, sete pedidos de arquivamento e 19 de outras providências. Janot também pediu a retirada de sigilo de parte dos conteúdos.
Entre a chegada ao Supremo e a remessa ao gabinete do ministro Edson Fachin, transcorreu uma semana. O ministro já deu declarações de que as decisões serão divulgadas ainda em abril. Ao encaminhar os pedidos ao STF, Janot sugeriu a Fachin o levantamento dos sigilos dos depoimentos e inquéritos.

Collor recebeu R$ 800 mil em caixa dois para campanha de 2010

IMG_0093
Presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Fernando Collor de Mello (PTC-AL) recebeu 800.000 reais da Odebrecht, via caixa dois, na campanha eleitoral de 2010. Segundo os delatores, o repasse era uma contrapartida à defesa dos interesses da empreiteira na área de saneamento básico. No departamento da propina, a transação recebeu o codinome de “Roxinho”. Antes de ser apeado do poder por um processo de impeachment, Collor, então presidente da República, disse ter nascido “com aquilo roxo”.

Governo renova convênio do programa RN Vida

IMG_0094

O programa despertou meu interesse pela música, me possibilita fazer novos amigos e eu quero permanecer nele até virar uma atleta profissional”, disse a estudante Dayla Kaeolayne, de 13 anos. No programa RN Vida há 2 anos e meio, ela participa das atividades de ginástica rítmica e aulas de violão. “Fico feliz em saber que as atividades aqui vão continuar”, acrescentou a cabeleireira Thaysa Ferreira, de 24 anos, mãe da pequena Jhuly, de 7 anos, e que faz aulas de flauta e ginástica rítmica há um ano. As declaração foram dadas hoje (11), durante a solenidade de renovação do convênio entre o Governo do Estado, Fecomércio, através do Sesc/RN, e Prefeitura do Natal. O evento ocorreu no Centro Integrado de Esporte e Cultura RN Vida, no antigo CAIC.
Após apresentações culturais dos alunos, o governador do estado, Robinson Faria, parabenizou todos que integram o programa, em especial ele lembrou do importante papel da idealizadora e antiga coordenadora do programa, a servidora Carminha Soares, que faleceu em maio de 2016. “Gostaria de agradecer a todos em nome dessa mulher que foi responsável por tudo isso. Em nome dela eu deixo a palavra de gratidão e reconhecimento e destaco que nosso governo vai continuar dando tudo para fortalecer o RN Vida e oferecendo a essas crianças e adolescentes mais perspectivas por meio da cultura, esporte e lazer”, disse o chefe do Executivo estadual.

Em nota, Garibaldi Filho disponibiliza o sigilo bancário, fiscal e telefônico

IMG_0098
O senador Garibaldi Alves Filho emitiu nota oficial sobre a informação de que será investigado pelo Supremo Tribunal Federal por, supostamente, participar da operação Lava Jato.
Veja a nota na íntegra:
O senador Garibaldi Filho se declara surpreso com a notícia de inclusão do seu nome nas notícias de delações e, ao mesmo tempo em que nega tais suspeitas, põe-se à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos, inclusive disponibilizando os sigilos bancário, fiscal e telefônico, e espera agilidade na apuração e responsabilidade na distinção entre doações lícitas e sem qualquer contrapartida das doações irregulares.
Assessoria do Senador Garibaldi Filho

Salário Mínimo pode ter menor aumento em 16 anos

IMG_0099
O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa, criticou a proposta apresentada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, de aumento do salário mínimo para o ano que vem. O novo valor, que será incluído na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2018, é de R$ 979. O incremento é de apenas 4,48% maior do que o salário atual. Hoje, o mínimo está em R$ 937.
A gente sabe que, nos governos de Lula e Dilma, houve uma preocupação com o aumento real do salário mínimo, com a garantia de que o trabalhador brasileiro, aos poucos, conseguisse ter um poder de compra maior para que pudesse ter suas coisas, melhorar de vida. E isso ajudou e muito a economia brasileira crescer. Num momento em que o País vive uma recessão, que milhões estão desempregados, Temer escolhe mais uma vez como alvo de cortes o trabalhador”, afirmou Humberto.

domingo, 9 de abril de 2017

Governo deixará de poupar até 20% com mudanças na PEC da Previdência

IMG_9879
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o impacto das mudanças na reforma da Previdência pode diminuir de 15% a 20% a economia que o governo previa obter nos próximos 10 anos com a reforma.
Em valores financeiros, a economia pode cair de R$ 750 bilhões a R$ 800 bilhões para cerca de R$ 650 bilhões. Segundo o ministro, contudo, os cálculos estão baseados em “estimativas imprecisas” que ainda dependem de como ficarão regra de transição, benefícios e pensões no texto final da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016.
O ministro reiterou que a redução na economia já está “precificada”. “Está nas nossas expectativas. Não se pode pretender que um projeto dessa magnitude não tenha alteração de nenhuma vírgula”, afirmou.

Femptur e Fórum de Turismo encerram com recorde de público

canga
Quase cinco mil pessoas passaram pelo Centro de Convenções de Natal nos últimos dois dias. Os debates no auditório onde aconteceu o 8º Fórum de Turismo do RN reuniram profissionais, empresários e apaixonados pelo segmento para debater temas importantes envolvendo o futuro do turismo de lazer, eventos e novas estratégias de capacitação de investimentos.
Foram dois dias de muito conhecimento. Quem prestigiou o Fórum, certamente, saiu abastecido de ideias e expectativas para o turismo potiguar”, comemorou Antonio Roberto Rocha, da Argus Eventos, organizador do Fórum.