quinta-feira, 20 de julho de 2017

Vixe! Quebra do sigilo telefônico de Cunha revela contatos com integrantes do STJ, TCU e CNJ

cunha e policia
Relatório inédito da Procuradoria-Geral da República sobre a quebra do sigilo telefônico do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) detectou conversas com autoridades do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal de Contas da União (TCU) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A análise, que está sob sigilo, abrangeu o período de 2012 a 2014 e foi autorizada pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte para trazer elementos às investigações em curso no estado. Os dados foram considerados relevantes pelos investigadores porque mostram o trânsito de Cunha com autoridades do Judiciário.
Cunha manteve sete contatos telefônicos – entre telefonemas e mensagens de texto – com um celular do gabinete do ministro do STJ Benedito Gonçalves – que, assim como o ex-parlamentar, também é do Rio de Janeiro. Em relação ao TCU, o ex-deputado manteve 32 contatos telefônicos por mensagem de texto com Bruno Dantas, sendo sete contatos depois que ele se tornou ministro da Corte – antes, Dantas era consultor legislativo no Senado. Cunha ainda fez oito contatos telefônicos com José Múcio Monteiro,outro ministro do TCU, e 15 contatos com um servidor do órgão chamado Wilson Carlos Ferreira Valente. Em relação ao CNJ, de acordo com o relatório, Cunha manteve 11 contatos telefônicos com o advogado Emmanoel Pereira, na época conselheiro do órgão. Ele também é filho do atual vice-presidente do TST, Emmanoel Pereira.

Temer sanciona projeto que libera R$ 102 milhões para emissão de passaportes

novo_passaporte-1

O presidente Michel Temer sancionou ontem (19) projeto que libera recursos para emissão de passaportes. A autorização de crédito extra de R$ 102 milhões para o Ministério da Justiça foi aprovada semana passada pelo Congresso Nacional.
Segundo a Casa Civil da Presidência da República, a sanção será publicada hoje (20) no Diário Oficial da União. Depois da publicação, a verba será liberada assim que Ministério do Planejamento abrir o empenho de recursos e autorizar o repasse ao Ministério da Justiça, que o destinará à Polícia Federal (PF).

Projeto do deputado Jacó Jácome que cria Política da Cultura da Paz agora é Lei

jaco_psd
O projeto do deputado Jacó Jácome (PSD) que dispõe sobre a criação da Política de Segurança Pública de Cultura da Paz agora é a Lei 10.215. Sancionado pelo Governo do Estado e publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) da última terça-feira (18), objetiva que que todo tipo e espécie de violência, quer seja cometida por jovens, adultos ou idosos, independentemente de raça, credo ou etnia seja repudiada e combatida pelo Poder Público. A Lei propõe ações de caráter social, educativo, preventivo e inclusivo com a finalidade de promover o convívio social seguro e equilibrado.
“Enquanto cidadãos não podemos nos equivocar e achar que apenas as atividades ostensivas de segurança é que são eficazes. Possuímos um dos piores sistemas penitenciários do mundo, que na verdade são escolas de violência. Além disso, criminosos literalmente escolhem o ambiente do crime, considerando a fraqueza da legislação penal, a falta de estrutura de segurança, os valores distorcidos da sociedade, a falta de educação e valor pela mesma, além é claro do contexto social”, destacou o deputado.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Facebook não pode ser obrigado a fazer controle prévio de postagens, diz STJ

facebook3

O Facebook não pode ser obrigado a monitorar previamente os conteúdos postados pelos usuários de sua rede, o que impede a imposição de multa diária com tal objetivo. Assim entendeu, por unanimidade, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. Segundo o colegiado, a empresa não responde objetivamente pela inserção de informações ilegais feita por terceiros em sua rede social.
Entretanto, continuou a turma, assim que os responsáveis pelo provedor da rede social souberem da existência de dados ilegais, devem “removê-los imediatamente, sob pena de responderem pelos danos respectivos”, devendo ainda “manter um sistema minimamente eficaz de identificação de seus usuários”.

BNDES perde terceiro diretor após posse de Rabello de Castro

IMG_7817
O diretor de controladoria do BNDES, Ricardo Baldin, decidiu deixar o cargo por divergências com o presidente do banco, Paulo Rabello de Castro. É a terceira baixa na direção do banco desde que Rabello de Castro assumiu, no início de junho, em substituição a Maria Silvia Bastos Marques.
No início do mês, Vinícius Carrasco, que ocupava a diretoria de planejamento, e Cláudio Coutinho, da área de crédito, pediram demissão em um ato de defesa da mudança na taxa de juros de longo prazo proposta pelo governo.

Juiz bloqueia contas bancárias e confisca imóveis de Lula

LULA

O juiz Sérgio Moro bloqueio quatro contas bancárias do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quarta-feira, 19, que somam o montante de R$ 606.727,12.
Moro ainda confiscou três imóveis pertencentes ao ex-presidente, além de um terreno.
O pedido de bloqueio de bens do petista, que foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva na Operação Lava Jato, foi feito no ano passado ao Ministério Público Federal.

Prefeitos que representaram o “novo” enfrentam desgaste

Na onda da escolha de lideranças não tradicionais, os municípios que escolheram “o novo” não parecem tão satisfeitos.
Em CaicóJucurutuCurrais Novos e Ceará-Mirim, a aposta pela mudança não foi tão positiva. Os novos prefeitos, respectivamente, Batata, o ex-Liso, Odon Barreto não estão bem de popularidade.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

A lista de Cunha

Brasília(DF), 19/05/2016 - Cunha - Eduardo cunha depõe no conselho de ética da Câmara dos Deputados. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Parte da delação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba desde outubro do ano passado, já foi aceita pelo Ministério Público Federal. E é nela que reside a revelação que mais assombra seus ex-colegas da Câmara: a lista dos que receberam dinheiro para votar a favor da abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff.
Cunha não se limitou a dar os nomes – a maioria deles do PMDB. Citou as fontes pagadoras e implicou o presidente Michel Temer. Reconheceu que ele mesmo em alguns casos atuou para que os pagamentos fossem feitos. Contou o que viu e acompanhou de perto e o que ficou sabendo depois. Não poupou nem aqueles deputados considerados mais próximos dele. Teve uma razão especial para isso.

domingo, 16 de julho de 2017

Felipe Maia cotado para o Ministério do Turismo

felipe_maia

O nome do deputado federal Felipe Maia está sendo citado como futuro ministro do Turismo do governo Michel Temer. A indicação conta com a simpatia do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, também filiado ao DEM.

Maia e Cunha foram parceiros na oposição a Dilma

IMG_7499
Preso há nove meses em Curitiba em decorrência das investigações da Operação Lava Jato, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) coleciona muitos desafetos.
Entre eles Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Câmara e o nome que ocupará a cadeira de Michel Temer caso o peemedebista seja afastado do cargo.
Mas essa não foi a realidade entre os dois políticos do Rio de Janeiro nos 16 meses decorridos entre a eleição de Cunha para o comando da Câmara, em fevereiro de 2015, e o início da gestão Temer, em maio do ano seguinte.

Temer pode não resistir às próximas denúncias de Janot, diz amigo do presidente

temer sentado

Amigo de Michel Temer há 30 anos, o consultor político Gaudêncio Torquato diz acreditar que o presidente consegue sobreviver à iminente votação na Câmara que pode levar ao seu afastamento, mas tem dúvidas se ele resistirá a novas denúncias.
“O grande teste será enfrentado por ocasião da votação da denúncia na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e no plenário. O governo tende a passar pelo primeiro teste, seja porque ele substituiu alguns dos deputados na comissão, seja porque ainda tem alguma força”, afirmou Torquato à BBC Brasil.

Homens devem se masturbar 21 vezes ao mês para reduzir risco de câncer de próstata

sexo-oral

Se você é homem e quer reduzir significativamente o risco de ter câncer de próstata, você precisa se masturbar 21 vezes ou mais por mês. Essa é a conclusão de um estudo recente feito pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, publicado pela European Urology (instituição especializada na publicação de artigos sobre urologia).
A pesquisa feita com mais de 31 mil homens em um período de 18 anos, com idade entre 20 e 29 anos, e 40 e 49 anos, sugere que a masturbação com essa frequência (21 vezes ao mês) reduz o risco de ter câncer de próstata em até um terço.

Brasileiros avançam em pesquisa para produção de uvas sem sementes

uvas_na_chapada_do_apodi.agencia_sebrae

Pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em Bento Gonçalves (RS) avançaram na exploração de estruturas moleculares que, se alteradas, facilitam a produção de uvas sem semente. Chamada de uva apirênica de mesa, essa variedade difere da espécie vinífera, adequada para a fabricação de vinhos finos.
A estudante da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Jaiana Malabarba é uma das autoras de um artigo, publicado no Journal of Experimental Botany, da Universidade de Oxford, que foi fundamental para os trabalhos da equipe do Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho, coordenado pelo pesquisador Luís Fernando Revers.
Os pesquisadores observaram o gene VviAGL11 de duas uvas: a Chardonnay e a Sultanina, que não possui sementes e também recebe o nome de Thompson Seedless. A Sultanina é a responsável por originar a maioria das variações de uvas de mesa comercializadas.